terça-feira, 18 de setembro de 2012

Ciclo de cinema turco em Lisboa

Uma boa oportunidade para conhecer mais sobre a cultura e a sociedade da Turquia é o ciclo de cinema “Cinco dos Melhores Filmes do Novo Cinema Turco da Atualidade”, que vai decorrer em Lisboa entre os dias 20 e 22 de Setembro no Cinema City Classic Alvalade (Av. Roma, 100). A entrada é livre e os filmes serão exibidos sempre às 19h30 e às 21h30. São dramas familiares e políticos, passados na zona rural e urbana, que fornecem um retrato social e ao mesmo tempo geográfico deste país onde convivem os valores ocidentais e as crenças muçulmanas.
“Last Stop Salvation”, de Yusuf Pirhasan, é o filme de abertura e gira em torno do quotidiano de cinco mulheres que vivem num bairro de Istambul, até que a chegada de uma psicóloga vai revolucionar as suas vidas. Primeira longa do realizador, que vive entre Londres e a cidade turca e é responsável por telediscos de Pete Doherty e Klaxons, entre outros.
“The Extremely Tragic Story of Celal Tan and His Family”, de Onur Ünlü, narra um drama familiar sobre um professor e a sua família, que vivem numa cidade do interior da Turquia. A sua vida será convulsionada por um incidente, e vai lutar contra todas as adversidades para manter a família unida. Sexta longa do cineasta, já premiado nos festivais de Moscovo e vencedor de prémios no seu país.
A ostentar o Prémio do Júri de Sundance 2011, talvez “Can”, de Rasit Çelikezer, seja o mais cotado. Aborda a vida de um casal com uma boa vida, mas que se ressente da falta de um filho. Como a mulher é infértil, tentam obter um bebé através de meios ilícitos. Essa história é intercalada com outra sobre uma mãe negligente, que tem um filho chamado Can. Segundo trabalho de Çelikezer, que tem vasta carreira na televisão turca.
A ecologia é o tema central de “Ecotopia”, de Yüksel Aksu, sobre um grupo de intelectuais cansado da poluição na cidade que decide criar uma “Ecovila”, gerando uma grande confusão entre os habitantes da aldeia escolhida, que se tornarão “intelectuais” e passarão a viver de agricultura biológica. Segunda obra do realizador, cujo primeiro filme, “Ice Cream I Scream” foi escolhido pela Turquia para representá-la no Oscar em língua estrangeira.
O drama político “Future Lasts Forever”, de Özcan Alper, encerra a programação. Um mergulho nas raízes da Anatólia através de uma estudante que visita o interior da região para as suas pesquisas, mas tropeça em vários personagens que vivem o drama da chamada “guerra sem nome”. Terceira longa de Alper, internacionalmente reconhecido pelo seu primeiro trabalho, “Autumn”. 

(Fonte: c7nema) 

Sem comentários: