terça-feira, 2 de março de 2010

Fotografias de Ara Güler em Lisboa

Entre 01 de Março e 01 de Abril, está patente no Centro Cultural de Belém a exposição Ara Güler: Istambul Perdido Anos 50-60 integrada no Festival Pontes para Istambul.

Figura maior da fotografia turca, Ara Güler nasceu em Istambul em 1928, mas tem ascendência arménia. É conhecido como “O Olho de Istambul” ou " O Fotógrafo de Istambul".
Começou por se interessar por cinema, frequentando alguns cursos que abandonou para abraçar o fotojornalismo. Como tal, em 1950, trabalhou no jornal Yeni İstanbul, ao mesmo tempo que estudava Economia na Universidade de Istambul. Depois passou para o jornal Hürriyet. Em 1958 ingressou na filial turca da Time Life. Seguiram-se trabalhos em outros média internacionais como Paris Match, Stern e Sunday Times. Em 1961 passou a ser o chefe do departamento fotográfico da revista turca Hayat. Passa também a trabalhar para a agência Magnum.
Nos anos 60 as suas fotos ilustravam livros de autores conceituados e eram exibidas em exposições um pouco por todo o mundo.
Ara Güler viajou pelo mundo e fotografou algumas das personalidades mais importantes de diversos quadrantes nos anos 70, tais como: Winston Churchill, Indira Gandhi, Maria Callas, John Berger, Bertrand Russell, Willy Brandt, Alfred Hitchcock, Ansel Adams, Imogen Cunningham, Marc Chagall, Salvador Dalí e Pablo Picasso. Contudo, as suas fotografias mais conhecidas são as que retratam a melancolia de Istambul nos anos 50 e 60.





Sem comentários: