segunda-feira, 28 de julho de 2008

terça-feira, 22 de julho de 2008

Orhan Pamuk: "Istambul: Memórias de uma Cidade"



A tradução portuguesa da obra "Istambul: Memórias de uma Cidade" (İstanbul: Hatıralar ve Şehir, 2003) do escritor turco Orhan Pamuk, foi agora publicada em Portugal pela Editorial Presença.

Sinopse: O que significa nascer num determinado lugar do mundo e em determinado momento da História? Pamuk reflecte sobre esta questão que para ele se reveste de importância fundamental, ciente de que nela se oculta a misteriosa alquimia entre a formação da sua própria personalidade e a cidade onde sempre viveu. O autor progride de forma mais ou menos cronológica desde os anos da infância até à entrada na Universidade, culminando na sua decisão de se tornar escritor. Tudo isto acontece sobre o fundo sempre presente da cidade, que Pamuk constantemente percorre e explora. Ao longo das páginas de Istambul encontramos também um admirável acervo de fotografias a preto e branco – a captar a dispersão da luz no meio das sombras por entre ruínas e esplendorosos monumentos do tempo do Império Otomano.

terça-feira, 15 de julho de 2008

Documentário turco no "CCB Fora de Si"


O Centro Cultural de Belém (CCB) vai ficar "fora de si" durante os meses de Julho e Agosto com música, dança, teatro, uma tenda de novo circo e, pela primeira vez, cinema, numa programação alusiva ao diálogo entre culturas.
Os eventos do "CCB Fora de Si" foram hoje apresentados durante uma conferência de imprensa com a presença de António Mega Ferreira, presidente do Conselho de Administração do centro cultural, as vogais Madalena Veiga e Isabel Morais, e ainda Luís Patrão, presidente do Turismo de Portugal, entidade patrocinadora.
Pela primeira vez, o cinema terá uma presença na programação, às sextas-feiras e Domingos de Agosto, com documentários dedicados a diferentes países e sobre temas actuais, nomeadamente do Brasil, Uruguai, Bangladesh e Turquia, entre outros filmes seleccionados pela Apordoc - Associação Portuguesa para o Documentário.
"Ônibus 174", do realizador José Padilha, um dos documentários mais premiados no Brasil - que relata o sequestro de um autocarro no Rio de Janeiro e também a história da vida do sequestrador - e ainda "Náufragos", de Gonzalo Arijón, "Sand and Water", de Shaheen Dill-Riaz, e "Each Dream is a Shattered Mirror" ("Hayallerim Birer Kırık Ayna"), de Orhan Eskiköy/Özgür Doğan (Turquia), são outras propostas da organização.

(Fonte: Lusa)