segunda-feira, 28 de maio de 2007

Fatih Akın recebeu prémio de Melhor Argumento em Cannes



O realizador alemão de origem turca, Fatih Akın, foi galardoado com o prémio de Melhor Argumento por "Do outro lado" ("Auf der Anderen Seite", "The Edge of Heaven"), o segundo filme da sua trilogia.
Premiado em 2004 pelo filme "A Noiva Turca" ("Gegen die Hand", "Head On"), que recebeu o Urso de Ouro no Festival de Cinema de Berlim, Akın recebeu o prémio de Melhor Argumento em Cannes por "Do Outro Lado", segunda parte da trilogia Amor, Morte e Diabo, que começou com "A Noiva Turca".
Com apenas 33 anos, Akın foi também homenageado com o prémio do Júri Ecuménico por "contar habilmente a história dos destinos cruzados de homens e mulheres de diferentes origens na Alemanha e na Turquia", salientando "as dores e complexidades da perda da identidade cultural" e o "valor do intercâmbio cultural".
Ao receber o prémio, Akın fez questão de enviar uma mensagem à Turquia: "Precisamos de permanecer unidos ou perderemos," disse, referindo-se aos recentes protestos contra as ameaças à secularidade do Estado turco.

domingo, 27 de maio de 2007

Fatih Akin retrata uma Alemanha materna em "Do Outro Lado"

Com "Auf Der Anderen Seite" ("Do Outro Lado"), Fatih Akin brinda-nos com um filme de enorme coração, que analisa as relações íntimas que unem Alemães e Turcos.
Ali (Tuncel Kurtiz) é um alemão de origem turca, professor universitário sem muita convicção. O seu pai apaixona-se por Ayten (Nurgül Yeşilçay), uma prostituta que não vê Yeter (Nursel Kose), a filha de 27 anos, há muito tempo. A paixão do pai por Ayten acaba de forma trágica, deixando o filho dele, Ali, com o desejo moral de procurar a filha de Ayten em Istambul. Paralelamente, Lotte (Patrycia Ziolkowska), uma estudante alemã, conhece Yeter, que fugiu da Turquia devido a problemas políticos. Lotte leva Yeter para a sua casa com a condescendência da sua mãe, Susanne (Hanna Schygulla). As duas apaixonam-se e Lotte terá de lidar com a deportação de Yeter para a Turquia.
Fatih Akin nasceu em Hamburgo em 1973 e é filho de pais turcos. Também realizou o filme "A Noiva Turca", exibido em Portugal e vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim em 2004. No ano seguinte, em Cannes, apresentou o documentário musical "Crossing the Bridges - The Sound of Istanbul".
À semelhança do filme "A Noiva Turca", "Do Outro Lado" fala-nos desses dois lados em que a sua existência criativa se tem dividido, a Alemanha e a Turquia, e as "fronteiras" que se estabelecem entre esses dois territórios.

sábado, 26 de maio de 2007

"Do outro lado" de Fatih Akin recebeu o prémio do Júri Ecuménico no Festival de Cannes


O filme "Do Outro Lado", do realizador turco-alemão Fatih Akin, ganhou hoje o prémio do Júri Ecuménico no Festival de Cannes.
O filme conta "os destinos cruzados, na Alemanha e na Turquia, de homens e mulheres de origens diferentes", explicou o Júri Ecuménico. "Fomos sensíveis à dolorosa complexidade das perdas de referência e de relações, e à riqueza dos intercâmbios, passagens e convivências possíveis entre esses mundos", acrescentou.
O Júri Ecuménico é formado por seis "profissionais do cinema e cristãos de diversas culturas".
Fatih Akin já recebeu o Urso de Ouro de Berlim em 2004 pelo seu filme "Head On", traduzido em Portugal como "A Noiva Turca".
O filme "Auf Der Anderen Seite" ("Do Outro Lado"), foi recebido entusiasticamente na 60ª edição do Festival de Cannes, o que fez dele um forte candidato à Palma de Ouro.
"Do Outro Lado" é uma obra magnífica sobre o amor, a morte e as relações entre os seres humanos, na qual Fatih Akin, nascido na Alemanha mas filho de pais turcos, faz uma ponte entre os dois países, entre as duas culturas. Akin narra de forma comovente a história de diversas personagens, turcas e alemãs, cujas vidas estão profundamente ligadas e cujos caminhos se cruzam, sem que necessariamente se encontrem.

Portugal (afinal não esteve) presente no Festival de Música e Dança de Ancara


Está a decorrer em Ancara, desde ontem e até Domingo, um festival de Música e Dança com a participação de países como Argentina, Brasil, Cuba, México, Espanha, Venezuela e Portugal.

Os espectáculos têm lugar na Avenida da Argentina (Arjantin Caddesi), no centro comercial Karum, no parque Kuğulu e na Praça do Chile (Şili Meydanı).


Actualização (27.05.2007):

Apesar de ter sido noticiada na imprensa turca a presença de Portugal neste evento, a sua participação foi cancelada por razões que desconheço.

sábado, 19 de maio de 2007

Hoje é o Dia de Atatürk, da Juventude e do Desporto


O dia 19 de Maio tem um valor simbólico para a juventude na Turquia, uma vez que o fundador da república turca, Mustafa Kemal Atatürk, decidiu oferecê-lo aos jovens, para os quais criou a república.
Este dia é feriado nacional e é celebrado pelos jovens desde o estabelecimento da república turca, através de actividades desportivas, marchas e cerimónias, realizadas nas diversas escolas secundárias da Turquia e em grandes recintos e estádios do país.
A par da juventude e do desporto, lembra-se igualmente Atatürk e a criação da república. O ainda presidente da república, Necdet Ahmet Sezer, colocou hoje flores no mausoléu de Atatürk.

sexta-feira, 18 de maio de 2007

José Saramago em Istambul II

José Saramago vai estar hoje presente numa conferência, em Istambul, sobre o papel dos escritores nas crises do mundo contemporâneo. A conferência vai ter lugar às 19.30 horas, no Centro Cultural Tarık Zafer Tunaya, em Beyoğlu.

Ontem, Saramago deu uma sessão de autógrafos na livraria Mephisto, também em Beyoğlu.

terça-feira, 15 de maio de 2007

Turquia junta-se ao Live Earth


Istambul é a oitava cidade do Live Earth, juntando-se a Londres, Joanesburgo, Rio de Janeiro, Xangai, Sydney, Tóquio e New Jersey.
O anúncio foi feito hoje e apesar de ainda não terem sido divulgados os nomes que compõem o alinhamento, "o Live Earth Istambul contará com concertos de artistas internacionais e turcos". O Live Earth realiza-se no dia 7 de Julho e é um evento promovido por Al Gore, com o intuito de sensibilizar o público para a questão do aquecimento global. Os lucros de bilheteira reverterão para três grupos de defesa do ambiente. É esperada uma audiência mundial de dois biliões de pessoas. Em Inglaterra, o evento realiza-se no estádio de Wembley e conta com as actuações de Madonna, Red Hot Chili Peppers, Foo Fighters, Bloc Party e Beastie Boys. Nos Estados Unidos, estão previstos no palco do Giants Stadium de New Jersey, os concertos de Police, Roger Waters, Smashing Pumpkins, Kanye West e Dave Matthews Band, entre muitos outros. Bob Geldof, organizador do Live Aid e do mais recente Live8, já veio criticar o Live Earth, dizendo que não há um objectivo definido de forma clara. Em declarações a um jornal alemão, o músico declarou: "espero que seja um sucesso [...], mas porque é que [Gore] estará a organizar estes concertos?". Geldof acrescenta ainda: "eu só organizaria isto se pudesse subir ao palco e anunciar medidas ambientais concretas por parte dos candidatos à presidência norte-americana, do Congresso ou grandes empresas. Eles não têm essa garantia".

(Fonte: Blitz)

segunda-feira, 14 de maio de 2007

Companhia Nacional de Bailado no Festival de Música e Dança de Mersin


A Companhia Nacional de Bailado (CNB) vai participar no Festival de Música e Dança de Mersin, na Turquia, com uma actuação única no dia 22 de Maio, na qual participará Irena Veterova como bailarina convidada.
Do programa do espectáculo da CNB, dividido em duas partes, constam as coreografias "Grand Pas Classique", "Passo Contínuo", "Hand Made", "Camélia from Bach à L´Orientale" e "Estrelícia from Bach à L´Orientale".
"Por vos Muero", "La Rosée", "Return to a Strange Land", "Envie", "Tchaikowsky Pas de Deux", "Dying Swan", "D. Quixote", também serão interpretados pela companhia portuguesa.

domingo, 13 de maio de 2007

José Saramago em Istambul I


Numa iniciativa conjunta do município de Istambul e do Leitorado do Instituto Camões na Turquia, José Saramago irá visitar Istambul entre os próximos dias 14 e 19 de Maio.
O escritor português terá oportunidade de debater com jornalistas e escritores turcos os conflitos culturais e civilizacionais que tão vincadamente se espelham hoje no país. Terá ainda lugar uma conferência sobre o papel dos escritores nas crises do mundo contemporâneo. Paralelamente, e assinalando o lançamento da edição turca do livro "As Intermitências da Morte", será inaugurada uma exposição sobre a sua obra e sobre as múltiplas traduções que a têm divulgado pelo mundo.
José Saramago tem um total de 11 obras editadas na Turquia, todas elas publicadas no país após 1998, ano em que foi galardoado com o prémio Nobel da Literatura, sendo o autor português com mais livros traduzidos na Turquia. Prova do seu sucesso junto do público turco é a tradução local do Ensaio Sobre a Cegueira, que acaba de atingir a sexta edição.
Para além de Saramago, também Fernando Pessoa, José Luís Peixoto e Manuel Tiago (Álvaro Cunhal) marcam presença nas estantes das livrarias turcas: Fernando Pessoa com seis obras traduzidas, José Luís Peixoto com o livro "Nenhum Olhar", e Manuel Tiago com "Até Amanhã Camaradas".

terça-feira, 8 de maio de 2007

Baba Zula no Festival Islâmico de Mértola

Vai decorrer entre os dias 17 e 20 de Maio a quarta edição do Festival Islâmico de Mértola, evento da responsabilidade da Câmara Municipal.
Durante quatro dias, será promovido um conjunto de iniciativas que visam "valorizar a herança islâmica de Mértola e dar a conhecer o que se passa do outro lado do Mediterrâneo".
O artesanato, a gastronomia, o teatro, a música, os colóquios e as exposições são os principais ingredientes do festival que, recorda a autarquia, "transforma as ruas do centro histórico de Mértola numa medina islâmica, onde as cores fortes dos panos que protegem do sol quente se misturam com os cheiros intensos das especiarias. As ruas em redor da antiga mesquita de Mértola enchem-se de comerciantes e artesãos, fazendo do souk o centro de todas as actividades do festival". A aposta musical deste ano volta a incidir no canto alentejano e em artistas oriundos de vários países do Mediterrâneo. Destaque para as presenças de Baba Zula, da Turquia, Moulay Sherif, de Marrocos e Aïda Nadem, do Iraque. Ao longo dos quatro dias do certame os grupos de animação de rua Boukdir, de Marrocos, Troupe Chelbi, da Tunísia, e Eduardo Ramos irão percorrer o souk, levando as suas sonoridades a todos os espaços. Os colóquios em torno da história e da cultura islâmica marcam também presença, "sendo o mais internacional de todos o que se realiza nos dias 11 e 12", com o tema "Intercâmbio de produtos no Mediterrâneo: os objectos de comércio" e que contará com a presença de um "conjunto de reputados investigadores de Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia, Marrocos, Malta e Líbano", adianta a Câmara Municipal. Para os apreciadores dos sabores exóticos da cozinha marroquina, a câmara municipal promove um workshop de culinária nos dias 7 e 8 de Maio. "Além de aprenderem os segredos, os participantes podem no final de cada dia degustar os pratos confeccionados", esclarece a autarquia.

(Fonte: Sic)

Programa detalhado do festival aqui.


segunda-feira, 7 de maio de 2007

Festival Eurovisão da Canção

Esta é a música que a Turquia vai levar ao Festival Eurovisão da Canção:




O cantor é Kenan Doğulu, um jovem cantor pop, muito conhecido no país e escolhido pela TRT (Rádio Televisão Turca), para representar a Turquia. Após ter sido escolhido, o cantor preparou a música e apresentou-a ao país no dia 9 de Março.
A Turquia dá muita importância ao Festival Eurovisão da Canção, mencionando o evento diariamente, principalmente desde que o cantor partiu para a Finlândia, o país que vai acolher o certame este ano.
Desde que foi anunciada a sua participação no concurso, Kenan Doğulu é a imagem da rede de comunicação móvel Turkcell, participando num anúncio televisivo da marca.



quarta-feira, 2 de maio de 2007